DesignBR

Vai Design!!

Feliz Dia Nacional do Design - Um artigo em dois tempos e duas partes. Ou… Alguma coisa mudou no design brasileiro nos últimos 5 anos.

Lá pelos idos de 2009, no final da primeira década desse século, nas vésperas do Dia Nacional do Design, escrevi um artigo sobre a data e sobre como enxergava o mercado de design naquele momento. Vou repetir aqui o conteúdo para que possamos criar um paralelo com o mercado hoje em dia. Como anda, o que mudou e o que continua igual. Amanhã, publico minha visão do design nacional, em 2014. O que mudou e o que continua igual. 

 

Hoje é dia do Design. Dia nacional do Design.

Não do Designer. Do Design.

Esquisito né. Normalmente, temos dia do engenheiro, do médico, do bombeiro, do padeiro, do trabalhador. Mas, não temos dia do Designer. Temos dia do Design.

Mas é coerente com o que o grande público, a ‘massa’ conhece do designer…

A grande maioria, não sabe, por incrível que pareça fazer essa diferenciação design/designer. Eu, particularmente acho meio estranho quando me chamam de ‘design’ ou perguntam onde está o meu "designer"… "quero ver o designer que vc trouxe!" “quero ver o designer que vc tem’… normalmente, respondo que não tenho filhos e que, quando tiver, vou torcer para que ele escolha outra profissão. Mas normalmente, ninguém ri da piada. Normalmente, fazem.. "ãh?"

Será que todos têm um extremo desprezo pela profissão de designer? Será que somos odiados pela população, que não gosta do nosso trabalho?

Não acredito nisso. Minha opinião é que a população ignora nossa existência, mas não o nosso trabalho. O trabalho eles conhecem e até valorizam! Pergunte e dona de casa, se ele prefere o detergente ‘X’ que escorrega da mão dela, que o rótulo esfarela ou se prefere o detergente ‘Y’ que não cai da mão, que o rótulo fica fora da área de ‘pega’… Ela com certeza vai preferir ‘Y’. Pergunte ao consumidor, se ele prefere aquele produto onde a embalagem funciona e que armazena bem até que o conteúdo acabe ou se ele não se importa de ter que colocar grampos ou pregadores, ou coisas do tipo para manter a embalagem fechada depois de aberta… Com certeza eles vão preferir a embalagem bem planejada.  Pergunte ao leitor da revista semanal, se ele prefere a revista ‘W’ que tem páginas bem diagramadas, muita ilustração e infográficos, espaços balanceados, tipografia agradável, com kernning bem trabalhado e projeto gráfico bem feito ou se prefere a revista ‘H’, com suas páginas atoladas, fotos mal distribuídas, infográficos amadores e sem nenhum projeto gráfico definido… Com certeza ele vai preferir a revista com projeto gráfico bem feito!

E assim será em todas as áreas onde o design atua. O público SEMPRE vai preferir o produto/serviço onde o bom design tiver sido aplicado. BEM aplicado.

Porque o povo pode até não saber o que é. Não conhecer seus princípios… Mas sabe muito bem que, onde passa um designer, onde o design é aplicado; temos um resultado melhor.

Mais fácil de usar, mais voltado ao objetivo final, melhor aproveitado, mais bem acabado, mais barato possível, com o valor agregado, mais focado, mais, mais, mais…

E mais bonito também.

Tá tudo bem. Lindo! Mas, se é assim, porque continuamos sendo desconhecidos para a grande maioria? Chamados de artistas por uns, de dispensáveis por outros… Por que mesmo muitos empresários, não reconhecem o valor do nosso trabalho e recusam-se a ouvir o que falamos, a seguir nossos projetos? Antes de receberem um orçamento já estão achando caro? Sempre acham que nosso trabalho está ligado ao luxo?

Simples. Ignorância.

Ignorância sobre a REAL função do designer e do design.

Ignorância sobre quando devemos ser contratados.

Ignorância sobre o real efeito do nosso trabalho.

Ignorância sobre a importância desse trabalho no crescimento de uma empresa e no valor patrimonial dela.

Simples ignorância.

Ixi! Agora chamei todo mundo de ignorante… Agora além de designer, sou arrogante!  É já ouvi muitas vezes ‘ele é designer… Como se isso fosse um… Desvio de caráter! Rsrsrs

Mas quando falo ignorante, não estou querendo ofender ninguém.

É que ignorante, é quem ignora. E as pessoas ignoram o que realmente é o design. O que realmente um designer deve fazer.

E fico DESESPERADO, quando vejo as ‘cabeças’ do design brasileiro, se pegando em regulamentação. É vamos regulamentar!!! Regulamentem o design!! Designer agora, só com diplomaaaaaa!!! Tem de ser doutor designer!!!!

Isso vai adiantar O QUÊ?

Hum. Só vai poder ‘assinar’ projetos de design, quem for Doutor Designer!! Todos vamos poder cobrar pela tabela da ADG!!!

Hum. Sei. Tá. Certo. Entendi.

Até parece! Quem hoje em dia, vende’ marquinha’, ‘logRomarca’ por 300 reais na internet, vai deixar de vender… vai sim!

E quem compra uma ‘logromarca’ hoje, vai deixar de comprar. vai sim… Vai imediatamente, passar a acreditar que, aquele ‘desenhinho’ vale 10.0000 reais! E não os 350 reais que ia pagar.

O conceito de ‘logomarca’ está arraigado. O cara paga uma pequena taxa para ser enganado, logrado. E ainda passa a ter uma logromarca! Não vai ter regulamentação que acabe com isso. Só conscientização, via informação, entendimento e reconhecimento.

ACORDA!!!

Essa tão desejada, mas nunca alcançada regulamentação, só vai criar uma reserva de mercado para os grandes projetos. Vai reunir os grandes clientes nas mãos das grandes agências e escritórios de design.

Quer ver o design ganhar valor no país?

Quer ter sua profissão RECONHECIDA ao invés de regulamentada?

DIVULGUE!!!!

EXPLIQUE!!!

DEMONSTRE!!!

Faça com que as pessoas SAIBAM o que significa design. O que faz o designer. Qual a importância deles, na cadeia produtiva. Ensine-as a reconhecer o trabalho do designer. A saber, que, se o produto que ele está comprando funciona bem, está bem acabado, facilita seu trabalho, faz com que seja mais fácil e agradável de usar, tudo isso foi trabalho de alguém! E esse alguém era um designer!

Não. Não venham com os argumentos “ninguém tem interesse nessas informações” ou “já existem programas informativos para o empresariado” ou “Isso não vai fazer com que nossa profissão seja valorizada”…

Ao contrário do que muitos gostam de pensar e difundir, todo mundo gosta de informação! Programas de divulgação junto ao público alvo – os tais informativos para empresariado – funcionam melhor quando o público alvo tem posição formada sobre o serviço oferecido. E a valorização da profissão, vem do RECONHECIMENTO POPULAR. E não da regulamentação. Mania de regulamentar… De tomar pela ‘força da lei’ ao invés de conquistar… De PROVAR a sua necessidade…


Então nesse dia 5 de novembro de 2009, aniversário de Aloísio Magalhães e Dia Nacional do Design, eu peço de presente isso: uma campanha nacional, levada por todas as associações, organismos, ongs e outros ligados ao design brasileiro, no sentido de explicar o design, mostrar onde está, pra que serve, como interfere na sua vida, no seu dia-a-dia. Mas uma campanha para o grande público. Constante. Com conteúdo. Insistente. Educativa. Marcante.

“Mas isso é muito caro!”

Bem, não faltarão cabeças criativas para resolver este problema, certo?

Se os designers são os grandes solucionadores, tantas cabeças criativas juntas não encontrarão saída para este problema simples e comum de orçamento apertado? Seremos vencidos pela falta de vontade?

Feliz dia do design para meus pares, designers!

Obrigado aos meus clientes, pelo apoio e credibilidade e por reconhecerem os resultados.

Que venham tempos melhores.

Exibições: 134

Tags: Aloísio, Design, DiaNacionaldoDesign, Magalhães, PauloBragaPrado, Regulamentação

Comentar

Você precisa ser um membro de DesignBR para adicionar comentários!

Entrar em DesignBR

O banner de sua empresa também pode estar aqui.
Entre em contato conosco para saber mais detalhes.
portaldesignbr@icloud.com

Hand Spinner Anti Stress

Fidget Spinner desenvolvido para reduzir o stress e a ansiedade

Fidget Cube Calmante

Um Cubo verdadeiramente Mágico que auxilia no controle emocional, ajudando a manter a calma em momentos de pressão.

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

© 2019   Criado por Portal DesignBR.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Web Analytics Tweet
ed.designstore@gmail.comarrow_drop_down ed.designstore@gmail.com settingsConta / Meu plano webMeus Sites messageEnviar Notificação restoreAgendar Notificações trending_upEstatísticas languageEnglish languagePortuguês perm_identitySair x Você está atualmente no plano gratuito. Já conhece o nosso plano sem publicidade? shopping_cart ADERIR AGORA ✕ Por favor leia os nossos Termos e Condições antes de utilizar o Pushnews [FECHAR] CRIAR CONTAPERSONALIZARINSTALAR JAVASCRIPTFINALIZAR Por favor coloque o código seguinte na secção do HTML (Pode personalizar todas as mensagens aqui)