DesignBR

Vai Design!!

1917-All-Star_02
Em 1917, nasce o primeiro par de Converse All-Star. Os tons são o castanho e o negro. A marca tinha começado a produzir ténis de lona apenas dois anos antes. Ninguém podia supor que viriam a tornar-se um verdadeiro ícone da América.
Um pedaço de lona, um remendo no tornozelo, uma listra na sola e borracha vulcanizada. O design é simples (não é alterado desde 1949) e isso talvez ajude a explicar parte do sucesso. Mas, em 1917, quando foram vendidos os primeiros – na altura chamavam-se Non-Skids – ninguém imaginava que os All Star iriam tornar-se um dos maiores símbolos da cultura popular do século .XX Um jogador de basquetebol com muita lábia e um olho para o negócio veio dar uma ajuda preciosa.
  • The-Converse-Rubber-Company
    Em 1908, abre a primeira fábrica Converse Rubber Shoe Co., em Malden, no estado do Massachusetts, EUA, fundada por Marquis Mills Converse. Produziam solas de borracha para todo o tipo de calçado.

Texto Pedro Marta Santos

Os All-Star são como uma T-shirt ou um par de jeans: nunca passam de moda. Trata-se de um clássico. Tornando-se os ténis (ou sapatilhas, pouco importa) mais populares da história – chegaram a dominar 80 por cento do mercado norte-americano e, só nos EUA, 60 por cento da população tem ou teve pelo menos um par –, o seu percurso confunde-se com a implantação e êxito global do basquetebol. Mas é, sobretudo, um caminho indistinguível da cultura popular do século XX.

Talvez o segredo esteja na espantosa simplicidade: lona, um remendo no tornozelo, uma listra na sola e borracha vulcanizada, através de um design que, no essencial, não se altera desde 1949.

De obrigatórios no basquetebol a ubíquos no desporto, os Converse Chuck All-Star passaram para as ruas jovens do pós-guerra nos pés de Elvis Presley, levitados pelo rock e, a seguir, pela contracultura hippie dos sixties, que chegará à anarquia, ora reconstrutiva, ora demolidora do punk nos 70 – Johnny Rotten dos Sex Pistols e Tommy Ramone dormiam com os seus All-Star – tornando-se um amor assolapado de Kurt Cobain e do grunge (reveja-se Smells Like Teen Spirit) até ao rap e hip-hop militante dos NWA – Straight Out of Compton, lembram-se?

Hoje, os All-Star estão na alta-costura (parcerias com a Givenchy ou a Missoni), na red-carpet pelos passos de Jodie Foster, Kirsten Stewart ou Rihanna, nos videoclips dos Red Hot Chili Peppers (Californication), Justin Timberlake (Can’t Stop the Feeling) ou Kendrick Lamar (i) , nos passeios junto ao mar das supermodelos Gisele Bündchen e Karlie Kloss, nas tardes de verão de Sarah Jessica Parker e da ex-primeira-dama Michelle Obama ou nos pés invencíveis de Batman e da Wonder Woman graças a uma colaboração com a DC Comics.

A cada 43 segundos, um par é comprado algures no planeta. Quem diria que um pedaço de lona pode valer mais do que o seu peso em ouro?

http://www.noticiasmagazine.pt/files/2017/04/Chuck-Taylor_03-300x193.jpg 300w, http://www.noticiasmagazine.pt/files/2017/04/Chuck-Taylor_03-768x49... 768w, http://www.noticiasmagazine.pt/files/2017/04/Chuck-Taylor_03.jpg 1200w, http://www.noticiasmagazine.pt/files/2017/04/Chuck-Taylor_03-696x44... 696w, http://www.noticiasmagazine.pt/files/2017/04/Chuck-Taylor_03-1068x6... 1068w, http://www.noticiasmagazine.pt/files/2017/04/Chuck-Taylor_03-655x42... 655w" sizes="(max-width: 640px) 100vw, 640px" />

UM JOGADOR SOFRÍVEL, UM VENDEDOR DE EXCEÇÃO

Charles Hollis «Chuck» Taylor (1901-1969) não poderia entrar na lenda do basquetebol apenas pelas suas façanhas no campo: originário do Indiana, templo espiritual deste desporto na América, foi um bom atleta de liceu, na Columbus High School, da pequena vila a sudeste do Estado, mas reclama ter feito parte, entre 1918 e 1930, das equipas profissionais dos Original Celtics e dos Buffalo Germans, embora não existam registos oficiais da participação.

Certo é que em 1921, com 20 anos, Chuck entrou nos escritórios em Chicago de uma jovem marca de sapatos, a Converse, e pediu um emprego como vendedor. S.R. «Bob Pletz», diretor da marca e entusiasta de basquetebol, ficou impressionado com a desenvoltura de Chuck – e contratou-o logo.

Começava uma das mais icónicas parcerias da história do desporto: entre as décadas de 20 e 50 do século passado, Chuck Taylor não só se tornou uma referência técnica junto dos atletas e treinadores das equipas profissionais e universitárias dos EUA (fez centenas de milhares de quilómetros ao volante do seu Cadillac branco com caixas de ténis na mala, vivendo em motéis, de cacifo na sede em Chicago por única morada fixa) como, ao fim de um ano ao serviço na Converse, as suas sugestões para alterar o calçado de desporto mais representativo da marca, os All-Star, criados em 1917, depressa foram introduzidas: caso do remendo lateral para reforço da proteção do tornozelo.

A partir de 1932, o seu nome era acrescentado ao dos ténis: nasciam os Chuck Taylor Converse All Star. Nunca recebeu um cêntimo de comissão. Meses antes de morrer, foi consagrado no Memorial Basketball Hall of Fame.

É da sua autoria outra relevantíssima novidade na história do desporto: em 1935, Chuck engendrara a primeira bola de basquetebol sem costuras.

Chuck-Taylor_02

Em 1936, quando o basquetebol integra as modalidades dos Jogos Olímpicos de Berlim, a equipa dos EUA calça All-Star, com as listras azuis e vermelhas da bandeira na sola e no logótipo. O sucesso é tal que se tornam hegemónicos na liga profissional norte-americana a partir de 1939. Nos anos 50, os Converse All-Star têm 80% de quota do mercado de calçado desportivo nos EUA.
Chuck-Taylor_04
A partir de 1938, os All-Star tornam-se os ténis oficiais do exército norte-americano, calçando o U.S. Army nos períodos de treino e descanso durante a Segunda Guerra Mundial. Até 1948, a marca também fabricará botas (sobretudo as dos pilotos), fatos protetores de borracha e parkas.
Converse-Chucks-II_03
Em 1948, são criadas as mais emblemáticas das All-Star, de cano alto, com lona 15 centímetros acima do tornozelo – um ano depois ganham os tons do modelo mais popular: preto e branco. São adoptadas pela recém-criada National Basketball Association (NBA), tornando-se nucleares na iconografia do rock'n roll.GTY__chuck_taylors_11_mm_150728_19x14_1600
A popularidade das All-Star leva-as aos pés de toda a gente, incluindo atores, músicos e até políticos, como o lendário presidente dos EUA, John F. Kennedy.Converse-Chucks-II_01
Em 1962, são lançado os primeiros All-Star low-cut (cortados logo abaixo do tornozelo) e em 1966, ao fim de 49 anos a preto e branco, surgem no mercado disponíveis em seis cores diferentes: verde, laranja, vermelho, dourado, azul e azul claro.Rocky_02
Em 1976, a corrida de Sylvester Stallone rumo ao topo da escadaria do Philadelphia Museum of Art, em Rocky, transformam os All-Star pretos de cano alto em protagonistas da década. Outras presenças inesquecíveis dos All-Star: Danny (John Travolta) e o seu bando de T-Birds em Grease(1978); a ansiosa geração de Breaking Away (1979); os miúdos de The Breakfast Club (1985); Jesse (Ethan Hawke) cortejando Céline (Julie Delpy) em Antes do Amanhecer (1995); a ruiva Clementine (Kate Winslet) em O Despertar da Mente (2004); o Harry Potter (Daniel Radcliffe) de Harry Potter e o Príncipe Misterioso (2009).The-Sex-Pistols_01
Nos anos 1970, os membros dos Sex Pistols são vistos regularmente usando All-Star, dentro e fora do palco. Tommy Ramone, o baterista dos Ramones, não larga os seus. Poucos anos mais tarde, os NWA (Niggers With Attitude) fazem o mesmo, acrescentando o gangsta rap ao currículo de transversalidade e protesto dos All-Star.Dream-Team-JO-1984
A partir de finais dos anos 70, a Converse depara-se com a concorrência férrea de outras etiquetas globais de calçado desportivo: Nike, Adidas ou Puma conquistam sucessivos públicos e quotas de mercado, com novas tecnologias a melhorarem a performance de atletas. Tree Rollins, dos Houston Rockets, torna-se o último basquetebolista a usar All-Stars na NBA. Mas em 1984 a Dream Team de Michael Jordan, Magic Johnson e companhia (na foto) conquista o ouro no torneio de basquete dos Jogos Olímpicos de Barcelona calçando ténis Converse.WGSN-Converse-Iconic-Style-The-Ramones
De obrigatórios no basquetebol, os Converse Chuck Taylor All-Star passaram para as ruas do pós-guerra nos pés de Elvis Presley, levitados pelo rock e, a seguir, pela contracultura hippie dos sixties, pela anarquia do punk nos 70 e pelo grunge no final dos anos 80 e pelos 90 adentro.Kurt-Cobain
Kurt Cobain, o espírito maior dos Nirvanas e líder por entronizar do movimento grunge, torna-se inseparável dos Chucks, onde escreve palavras de apelo, insultos, récitas amorosas. Com a paixão dos skaters por estes ténis a reforçar-se, de Sidney a L.A., o círculo completa-se: a contracultura faz-se com uns All-Star nos pés.Converse-Chucks-II_02
Em 1997, por ocasião do 80º aniversário da marca, a Converse anuncia ter ultrapassado os 500 milhões de All-Star vendidos. Quatro anos depois, após um longo período de dificuldades financeiras, a Converse abre falência. A Nike compra a empresa, revitalizando-a e alargando-a a novas colaborações, que modernizarão a marca e os seus ténis de referência.All-Star-DC-Comics_01
Nos anos 2010, a Converse lança parcerias com a Givenchy, Missoni, Comme des Garçons e Maison Martin Margiela, abrindo os All-Star ao culto high-fashion. Seguir-se-ão alianças e modelos limitados com brands tão diversas como as pinturas de Andy Warhol ou os super-heróis da DC Comics. De vendas globais no valor de 193,5 milhões de euros em 2002, a marca passará para valores na ordem dos 1,3 mil milhões em 2012.

Exibições: 126

Comentar

Você precisa ser um membro de DesignBR para adicionar comentários!

Entrar em DesignBR

O banner de sua empresa também pode estar aqui.
Entre em contato conosco para saber mais detalhes.
portaldesignbr@icloud.com

Hand Spinner Anti Stress

Fidget Spinner desenvolvido para reduzir o stress e a ansiedade

Fidget Cube Calmante

Um Cubo verdadeiramente Mágico que auxilia no controle emocional, ajudando a manter a calma em momentos de pressão.

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

© 2019   Criado por Portal DesignBR.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Web Analytics Tweet
ed.designstore@gmail.comarrow_drop_down ed.designstore@gmail.com settingsConta / Meu plano webMeus Sites messageEnviar Notificação restoreAgendar Notificações trending_upEstatísticas languageEnglish languagePortuguês perm_identitySair x Você está atualmente no plano gratuito. Já conhece o nosso plano sem publicidade? shopping_cart ADERIR AGORA ✕ Por favor leia os nossos Termos e Condições antes de utilizar o Pushnews [FECHAR] CRIAR CONTAPERSONALIZARINSTALAR JAVASCRIPTFINALIZAR Por favor coloque o código seguinte na secção do HTML (Pode personalizar todas as mensagens aqui)