DesignBR

Vai Design!!

Informação

Open Mind

Espaço para despejar idéias, comentários e opiniões SEM nenhum pudor, medo, autocrítica, preconceito ou SERIEDADE. Abra a cabeça e participe!

Membros: 120
Última atividade: 11 Jul, 2012

Fórum de discussão

Campeões de audiência

Iniciado por Morandini. Última resposta de Morandini 12 Maio, 2010. 6 Respostas

Frases

Iniciado por Morandini. Última resposta de Maheus de Sousa Mendes 15 Abr, 2010. 10 Respostas

Se a sua vida é um perfil aberto, não reclame

Iniciado por ED. Última resposta de Diogo de Almeida Reis Cunha 12 Dez, 2009. 2 Respostas

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Open Mind para adicionar comentários!

Comentário de Garcia Junior em 3 dezembro 2009 às 13:30
Bem, motivado pelos comentários nesse post, acabei escrevendo a respeito e coloquei no Blogarte e no Blog EDGUFMA.
Comentário de Garcia Junior em 1 dezembro 2009 às 14:33
Até agora venho seguindo a prática que o Morandini também segue. Mas já tive casos em que cheguei numa solução que era tão boa, satisfazia tanto o briefing que me impus e não criei outras propostas pois acreditava que aquela era a solução ideal. Acredito que cada um pode ter seu método mas ele deve ser flexível de acordo com o contexto, projeto e cliente.
Comentário de Athos Aguiar em 30 novembro 2009 às 17:28
Sigo a lógica do Morandini ^^
Comentário de DUDDO em 30 novembro 2009 às 17:18
Penso que uma proposta é o suficiente. Geralmente quando as pessoas apresentam mais de uma proposta, a impressão que passa é que a "solução" está na mão do cliente, ou seja, a batata quente vai para o cliente.
Como profissional, eu sei qual é a melhor e mais adequada solução. Ora, se eu sou o profissional e se segui rigorosamente as etapas do processo, certamente chegarei a uma solução adequada. Todavia a proposta é aberta a modificações/sugestões, mínimas, claro! Até onde sei, essa história de “mais de uma opção” tem raízes na publicidade que muito sucessivamente se mete a fazer design.
Comentário de Morandini em 30 novembro 2009 às 17:10
Eu acho que sempre há mais de um caminho que pode atender ao mesmo briefing. Normalmente apresento 2 (no máximo 3) conceitos para o cliente com uma ampla e legítima defesa dos caminhos seguidos para chegar até eles. Costumeiramente esses conceitos têm pontos em comum, uma vez que satisfazem o briefing. Isso dá ao cliente uma liberdade de escolha dentro de limites anteriormente pensados e definidos.
Comentário de Garcia Junior em 30 novembro 2009 às 17:06
Um amigo comparou o método de mostrar somente uma solução à ação do médico de mostrar só um diagnóstico ou fazer só uma cirurgia. Mas acredito que essa analogia não se aplique, pelo menos literalmente, à nossa profissão. Ultimamente tenho diminuir pra 3 apresentações de layouts (no caso de logotipos) baseado no briefing e tendo 3 abordagens diferentes nos aspectos formais (cores, tipografia, formato) e as pectos conceituais (mensagem, intenção, significado).
Comentário de Emerson Caldeira Pinto em 30 novembro 2009 às 15:23
o que qprendi na facul, eh q nao se deve dar mtas opcoes ao cliente...
na pratica em algumas empresas a regra eram 3 alteracoes, q as vezes viravam 10...
qdo eu atendo um cliente evito ao max q ele mude mto...
acho q vai mais do seu tratamento...

[ ]s
Comentário de Garcia Junior em 30 novembro 2009 às 12:21
Afinal, qual a metodologia mais adequada? Exibir apenas um layout de solução gráfica ao cliente ou mais de um pra ele decidir?
Comentário de Vivi Dall´Osto em 14 fevereiro 2009 às 14:36

Olá adorei Cabeçaberta.......seja na lingua que for, e é minha inteção regar com água da melhor qualidade esta semente para que cresça e apareça......
 

Membros (117)

 
 
 

-----------------------

O banner de sua empresa também pode estar aqui.
Entre em contato conosco para saber mais detalhes.
portaldesignbr@icloud.com

Membros

Design: Ações e Críticas

Encerrando parte de minhas atividades.

Bom pessoal, faz tempo que não escrevo nada por aqui. Tive meus motivos para isso. Mas este será, em definitivo, meu último post ou comentário sobre o assunto regulamentação. Na verdade eu estava tentando acesso ao PL através de alguns parlamentares conhecidos meus e não podia dar pistas do que estava sendo feito. No entanto, … Continuar lendo

N_Goiânia 2014 – confirmado!

Pois é pessoal, mais um NDesign pela frente. Apesar deste ser a VIGÉSIMA QUARTA edição do evento, é apenas a TERCEIRA onde Design de Interiores/Ambientes tem seu merecido espaço na grade. Já podemos dizer que conseguimos ser reconhecido, pelos acadêmicos, como uma área do DESIGN! E eu mais uma vez estarei por lá defendendo a nossa área. … Continuar lendo

O que vai mudar para quem não tem formação em Design após a regulamentação?

Praticamente nada. Todos poderão continuar realizando seu trabalho tranquilamente. A questão é: o uso do título “designer (+ área)” ficará restrito aos profissionais legalmente habilitados de acordo com as diretrizes do MEC. Por exemplo: O decorador vai continuar fazendo seus projetos tranquilamente. Mas deverá utilizar o título pertinente à sua atuação/formação: Decoração. Logo, Decorador de Interiores. O … Continuar lendo

É puro blablablá… CHEGA!

Bom pessoal, lamento informar mas realmente não dá mais para continuar nisso. Já escrevi recentemente sobre isso aqui no blog mas atendendo aos pedidos me mantive na luta pela regulamentação. Agora realmente não dá mais. O desgaste emocional/pessoal está muito grande e está atrapalhando o meu lado profissional. E tenho outras prioridades em minha vida … Continuar lendo

#VemPraRuaDesigner – Expolux

  Amigos Designers (de todas as áreas), especialmente os de São Paulo (capital), ATENÇÃO!!! Temos de começar a fazer barulho senão a regulamentação não vai sair. Vamos aproveitar a abertura da feira Expolux e fazer um barulhão pacífico lá na frente. O Brasil, os empresários, a mídia e a sociedade precisam saber do que algumas … Continuar lendo

© 2014   Criado por Portal DesignBR.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço


Corpo do texto