DesignBR

Vai Design!!

 

Hoje 30 de Março de 2010, inscrevo pela segunda vez na rede Design BR. No ano de 2008 acompanhei alguns posts, discuti bastante ainda no blog com a Lígia Fascioni e o próprio Paulo Oliveira LD. Me lembro vagamente que a “briga” na qual me envolvi tratava o assunto “Livros Vs. Computadores”, ou algo assim. Na época meu conhecimento era completamente escasso em relação a Design, me ingressei na rede por simples interesse já que trabalhava em uma empresa de comunicação visual e achava que Design se resumia a isso.

 

Não é pra soar filosófico, mas percebi que você não escolhe o Design (profissão), o Design escolhe você, e o problema dessa escolha involuntária em muitos dos casos é o próprio ambiente profissional que esse ser estranho/designer habita.

 

Todos são muito semelhantes, partem de um mesmo principio, vivem em bolhas, cultivam amizades minunciosamente selecionadas e o mais curioso, se odeiam!

 

O motivo do meu desaparecimento de 2008 pra cá é que cheguei à conclusão de que eu não pertencia a esse lugar - na verdade, chegaram a essa conclusão por mim - não fazia parte do meio, não tinha um vocabulário enriquecido culturalmente, não tinha uma visão complicada das coisas, tudo era simplesmente simples demais pra que eu pudesse ser um designer. Resolvi então que primeiro precisava me encontrar e descobrir o que eu era afinal, até então o conhecimento autodidata em Photoshop e programas de manipulação visual eram o ápice do meu ser.

 

Comprei revistas, livros, entrei em cursos que até hoje não descobri para que servem, passei a frequentar grupos, cybercafés, centros culturais alternativos, e também a observar as coisas por mais tempo do que elas mereciam. Em todos esses momentos e lugares, sempre encontrei algo em comum, a hipocrisia. Nada do que eu vinha passando era novidade para as pessoas a minha volta, todas começaram exatamente da mesma forma. Foram abduzidas por essa força cheia de cor e traços ultramodernos, chamada Design, alguns até mais perdidos do que eu. Hoje, ainda não li tudo o que queria, não frequentei todos os cursinhos da Adobe, não consegui me formar (ainda) e me pergunto:

 

“Vale a pena me promover de micreiro para mais um ser ignorante e prepotente com nome que nem mesmo eu saberei o significado, em uma classe profissional que nem mesmo é reconhecida - ou melhor, nem mesmo se define - com pessoas que encaram a amizade como “coletivos” e me fechar pro que há lá fora?”.

 

Essa postagem esta muito “revoltado sem causa” pra ser uma postagem de retorno. Mas o importante que quero fazer você pensar aqui é que não podemos esquecer de onde viemos, de tudo que passamos pra chegar onde chegamos, mesmo tendo ainda não chegado a lugar algum. Essa mania de sair chamando aspirantes de “micreiros” nos calhou bem para uma falta de argumentos diante da competitividade profissional, fazendo com que o nosso mérito se dê pela inferioridade do outro e não por nossa qualificação pessoal. Eu disse “pessoal” por que antes de sermos designers precisamos entender que somos pessoas.

 

Eu sei que os comentários a seguir virão de uma maneira bem estressante, mas hoje, que decidi reabrir meu cadastro no Design BR, eu estava lendo sobre releitura do logo “O Boticário” e em alguns comentários é possível perceber a falta de foco que alguns de nós possuímos. Coloca se em pauta uma releitura de marca e chegamos a agressões verbais que abrangem qualquer assunto, menos Design.

 

Sirvam se de palavras ofensivas e mande ver nos comentários.

 

Wesley Carneiro é Micreiro, trabalha hoje em um renomado estúdio goiano de Design, não possui diploma, ocupa o cargo de Diretor de Criação e tem como subordinados dois estagiários que cursam Design gráfico na Universidade Federal de Goiás, trabalham o dobro dele e ganham a metade de seu salário. E eu te pergunto, de quem é a culpa?

Tags: Design, Estágios, Gráfico, Mercado, Micreiro, Profissional

Exibições: 232

As respostas para este tópico estão encerradas.

Respostas a este tópico

Parabéns..." Wesley Carneiro é Micreiro, trabalha hoje em um renomado estúdio goiano de Design, não possui diploma, ocupa o cargo de Diretor de Criação e tem como subordinados dois estagiários que cursam Design gráfico na Universidade Federal de Goiás, trabalham o dobro dele e ganham a metade de seu salário. E eu te pergunto, de quem é a culpa? "

 

O que todos aqui da comunidade tem a ver com sua vida ?

 

Se gavar é fácil...."Seja humilde a ponto de conquistar o sucesso, pois fama qualquer um consegue"

 

Sem ofensas....apenas uma opinião...té +.

te + Amilton

Escuta aqui rapaz, quem é você pra me rotular, com seu comentário...

 

"Prefiro mil vezes a crítica de vocês, Edson, Paulo, Monica e Anna do que procurar orientação com esse tipo de gente que vira pra você e diz:

 

“O que todos aqui da comunidade tem a ver com sua vida?”

 

Se pra você é um orgulho ser micreiro ( como se auto entitula), e nunca ter passados bons anos dentro de um universidade, se esforçando em adiquirir conhecimento teorico e prático, e vir querer se gavar, que sem formação academica você é "Diretor de Criação" em um "renomado estúdio"...huahuahua

Acredita em Papai Noel quem quiser....

Passar bem...

RSS

O banner de sua empresa também pode estar aqui.
Entre em contato conosco para saber mais detalhes.
portaldesignbr@icloud.com

Hand Spinner Anti Stress

Fidget Spinner desenvolvido para reduzir o stress e a ansiedade

Fidget Cube Calmante

Um Cubo verdadeiramente Mágico que auxilia no controle emocional, ajudando a manter a calma em momentos de pressão.

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

© 2019   Criado por Portal DesignBR.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Web Analytics Tweet
ed.designstore@gmail.comarrow_drop_down ed.designstore@gmail.com settingsConta / Meu plano webMeus Sites messageEnviar Notificação restoreAgendar Notificações trending_upEstatísticas languageEnglish languagePortuguês perm_identitySair x Você está atualmente no plano gratuito. Já conhece o nosso plano sem publicidade? shopping_cart ADERIR AGORA ✕ Por favor leia os nossos Termos e Condições antes de utilizar o Pushnews [FECHAR] CRIAR CONTAPERSONALIZARINSTALAR JAVASCRIPTFINALIZAR Por favor coloque o código seguinte na secção do HTML (Pode personalizar todas as mensagens aqui)