DesignBR

Vai Design!!

Pessoal estou tentando desenvolver um Logotipo pessoal como Designer Gráfico e gostaria da opinião de vocês referente ao Logotipo que segue abaixo: ideal? alguma opinião de fonte, símbolo, ou algo mais?

Exibições: 3630

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

http://www.ligiafascioni.com.br/2012/02/sera-que-designer-precisa-t...

6 fev 12

Fotografia: Vincent Bousserez

Perguntinha capciosa, né? Há quem ache que designer que não tem um “desenhinho” para colocar ao lado do nome é tipo um ferreiro que usa espeto de pau. Será mesmo? Vamos analisar.

Primeiro, vamos pensar para que serve uma marca gráfica. Só para relembrar, tudo começou quando os donos de bois precisavam marcar (daí o nome marca) aqueles que lhes pertenciam com um ferro em brasa. Então, a marca servia para designar propriedade. Depois, o desenho passou a servir para designar procedência em pães, tijolos, porcelana, etc. A ideia era separar os bons dos maus profissionais sabendo quem fez o quê. Quem fazia as coisas bem feitas ficava conhecido; quando o cliente via a tal marca, sabia que podia confiar.

Até hoje a coisa funciona mais ou menos assim. As empresas precisam de um símbolo e um nome (em alguns casos, somente o logotipo) para se destacarem e terem seus produtos identificados no mercado. Fica fácil achar uma garrafa de Coca-Cola no meio das outras; é só observar as letras desenhadas. Já um carro, que a gente vê passando, um símbolo pode servir para identificar o fabricante com mais rapidez; a gente olha o “desenhinho” e já sabe se é Fiat, Renault, Mercedes, etc. Num equipamento eletrônico, dá tempo da gente ler Sony, Philips ou LG sem problemas, nem precisa de desenho. Agora, se é uma imobiliária que anuncia em outdoors, melhor que as pessoas identifiquem a empresa bem rapidinho (se bem que, até isso acontecer, tem muito chão para conectar o símbolo à empresa).

Enfim, organizações precisam de marcas gráficas porque geralmente se comunicam com públicos grandes e diversos; há uma distância grande entre o cliente e a firma, formada por um montão de gente, com cargos bem definidos e um organograma mais ou menos complexo. Empresa com uma marca bem projetada transmite profissionalismo e credibilidade e consegue traduzir a cara que tem o trabalho desse povo todo quando se junta.

E um profissional? Será que ele precisa mesmo de um “desenhinho” para chamar de seu?

Vamos lá. Um profissional liberal, a não ser que pretenda se tornar uma empresa e tenha outras pessoas trabalhando sob o seu nome, não tem assim um universo tão grande e variado de contatos que não possa administrá-los pessoalmente (e se não puder, como dará conta do trabalho?).  Se realmente ele quiser crescer e se tornar uma empresa, pode usar seu próprio nome ou criar outro (fantasia). Mas aí recaímos nos mesmos casos de organizações que citei acima.

Estou falando aqui é do profissional liberal, aquele que trabalha sozinho ou com parceiros, mas sempre usando seu próprio nome para se comunicar com os clientes (meu caso). Dificilmente ele utilizará mídia de massa (TV, rádio, jornal, revista, etc) e sua comunicação, se bem feita, será sempre segmentada. Sua marca será construída sobre seu currículo e portfólio, assim como sua credibilidade e a reputação. Provavelmente ele aparecerá mais dando entrevistas, recebendo prêmios ou escrevendo artigos do que em anúncios pagos. Nessas situações, nunca vai ter espaço para mostrar seu “desenhinho”.

Ué, então para que ter um? Só para dizer que tem? Só para o cartão de visitas ficar hype?

Penso que um profissional liberal, seja ele médico, dentista, ator, músico, advogado, consultor ou designer, precisa sim ter uma identidade visual organizada e coerente com seu profissionalismo. Mas isso não implica em ter uma marca gráfica.

O profissional pode usar cores, formas, imagens, texturas, estampas ou fontes tipográficas que o identifiquem, que personalizem sua comunicação sem que ele precise se amarrar na complexidade que é a estrutura de identidade visual de uma empresa. Essa prática, de certa maneira, também diferencia uma coisa da outra e aproxima o cliente do profissional: fica claro que estou contratando o Fulano de tal (uma pessoa) e não uma empresa (impessoal).

Um bom projeto poderá contemplar uma cartela de cores e formas que podem ser trabalhadas de maneira mais livre, sem perder a sintonia com a identidade do profissional.

Eu não tenho marca gráfica e é de caso pensado. Não acho necessário. Mas meu site e todo o meu material de trabalho são coerentes na tipografia e no uso das cores e imagens. Como não pretendo ter 200 pessoas trabalhando numa Ligia Fascioni Corporation da vida, acredito que é suficiente para consolidar minha marca.

Penso que tem muito designer bom por aí quebrando a cabeça porque não refletiu o suficiente a respeito das funções de uma marca gráfica; só porque aprendeu a fazer, acaba indo no automático. É claro que se o profissional pode sempre preferir ter um desenho para chamar de seu; meu alerta aqui é apenas para que a escolha seja consciente e intencional.

Adoro os artigos e videocasts do John McWade (Before & After Magazine) e tem um que trata especialmente desse assunto; vale a pena assistir (clique aqui).

E aí, pensou melhor? Será que você precisa mesmo de uma marca gráfica?

Curti as cores e a fonte do nome, mas acho que esse círculo está desvalorizando o logo, parece antigo.

E a fonte de "designer gráfico" poderia ser mais simples, uma fonte sans, no estilo Helvetica, sabe?

Eu gosto do estilo minimalista, é super moderno e elegante =]

Tipo isso:

Na minha opinião está um pouco poluído, tente "enxugar" mais, trabalhando com menos elementos e deixando mais legível e mais clean. É importante para o designer gráfico - sobretudo em identidade visual - o poder de síntese. Diminua  a fonte "designer gráfico e troque para uma mais legível. O importante é sempre estar aberto a novas opiniões e exercitar o senso crítico para saber quais seguir e quais descartar.

Abraco 

Muito elemento MEDG...

Excelente o artigo da Ligia Fascioni postado acima, concordo em gênero, número e grau.

Sobre a tua marca cara, sinceramente, eu achei muito poluída e não me transmite profissionalismo. A impressão que tenho é de uma marca feita por alguém que não seja, de fato, um designer.

A marca é a identidade da empresa, deve transmitir o seu DNA, os seus valores. Você já parou para pensar sobre isso, sobre quem é o Marlon Emmanuel, qual suas características? Com esta marca atual eu vejo alguém perdido, que não sabe bem o que quer.

Tudo bem Daniel Rizoto? e o pessoal todos também, como vão?

Bem, estou numa situação complicada, pois parei sim pra pensar quem realmente é Marlon Emmanuel, mas estou com problemas na criação de minha marca, não que seja limite, mas sou Autodidata na área, bem, realmente não sou um Designer digamos assim, estou trilhando o caminho agora e o conhecimento da área de Design que possuo (seja literário ou em Software) está me limitando, preciso fazer esta marca para uso em meus trabalhos enquanto cresço, mas ta complicado. Estou perdido por n motivos, é como se tivesse a responsabilidade de criar esta marca, mas não tenho ferramenta suficiente para isso (não que eu não seja capaz, mas preciso de orientação, por isso criei o tópico aqui no DesignBR). Bem, representar Marlon Emmanuel em uma marca não é uma coisa fácil, e pensei... bem, sobre constar o Emmanuel, seria bom? pois existe muitos Marlons Designers por aí entende, e o diferencial seria o meu segundo nome que possui duas letras emes... acho que meu nome com o Segundo nome, mais o Designer Gráfico é muita coisa, gostaria de deixar tudo isso mais enxuto, bem Obrigado pessoal pela a ajuda, e peço, me ajudem a continuar construindo essa marca, pode ser? Obs: sou muito perfeccionista, e pra que eu possa chegar a uma boa marca, preciso de ajuda. (risos)

Bom, como você é autodidata, sugiro pensar seriamente em fazer uma graduação na área, pois com certeza isso ajuda demais: o contato com os professores, com outros alunos, enfim, eu defendo com muito vigor a academia.

Por outro lado, se no momento você não tiver disponibilidade para cursar uma faculdade, tem inúmeros livros no mercado que tratam do assunto. Um que eu li recentemente tem uma leitura muito fácil e creio que iria te dar uma boa luz é o "Design de Logotipos que todos amam", David Airey, editora Alta Books. É um livro que no começo eu fiquei muito frustrado, pois achei muito pobre, mas do meio em diante o autor mostra o processo criativo dele, e acabei tirando coisas boas e incorporando no meu processo de trabalho também.

Para uma leitura um pouco mais aprofundada, tem o livro "Design de Identidade da Marca", da Alina Wheeler, editora Bookman. É um excelente livro para consultas e referências. Enfim, existem N livros no mercado, mas, como eu disse antes, tente fazer uma graduação se você pretende mesmo seguir nesta área.

Abraços e boa sorte =)

Daniel, pode dar uma olhada na ultima resposta que coloquei, inseri um antigo logotipo que usava, claro, bem melhor que este na minha opinião, este ultimo fiz intencionalmente e consciente. 

Ficou muito legal, parabéns! Da uma olhada na minha e diz o que achou.

www.georgelandim.com.br

Um abraço!

OE!   
Olha eu acho que o circulo não ta muito legal! deixa com muita coisa sabe! nem sempre a gente coloca a marca toda nos trabalhos poderia ter uma versão simplificada! 
Eu acho que pra uma leitura rápida o Emmanuel ta difícil de der! talvez não precise colocar ou mudar a fonte!
As cores e a marca design gráfico estão ótimas!

Bom essa é a minha opinião! :D
Boa sorte 

Marlon, realmente está muita coisa junta. Tem que repensar. Talvez o que dê para manter seja apenas a logotipia marlon com as bolinhas. Como já é um tipo marcante, o resto deve ser apoio para que não haja briga. É muita moldura, sugiro tirar todos os círculos e o retângulo que pesa e não diz nada. As cores, ninguém aguenta mais esta combinação. Para passar seriedade e profissionalismo, já que a criatividade teoricamente já estaria na fonte e na alegoria das bolinhas, poderia manter o azul, só que mais fechado porque este azul é muito fraco e comum. Boa sorte! P.S. Precisa mesmo constar o emmanuel?

Bem: sobre o Emmanuel, não seria o diferencial dos outros tantos Marlon's que também são Designer's (não que eu seja... to começando na área) seria certo? mas pra ser sincero... acho que meu nome Marlon+Emmanuel+Designer Gráfico é muita coisa.  Bem, eu postei aqui a marca assim em excesso (e não do meu gosto), pra me ajudarem a deixa-lá enxuta, mas sinceramente, gostaria de outra tipografia, mais minimalista, ou mesmo mais Marlon que sou Eu, não tenho tanto domínio sobre a área de Design por enquanto, e fazer uma Marca pessoal, que exige uma certa bagagem na área (coisa que não é fácil até para os formados) que transmita com eficiência a mensagem passada, não é fácil pra um iniciante como eu, tenho plena consciência do que realmente uma marca deve ser e ter em essência, usabilidade, força, clareza e ainda um pouco da tendência atual do Design Minimalista (não quero fazer um logotipo graficamente excepcional e sem nenhuma mensagem) por isso vim aqui pedir orientação, estou sem saber o que fazer e como fazer... se vocês pudessem ver meu sofrimento rabiscando meu caderno pra encontrar o que realmente preciso, é complicado.

RSS

O banner de sua empresa também pode estar aqui.
Entre em contato conosco para saber mais detalhes.
portaldesignbr@icloud.com

Hand Spinner Anti Stress

Fidget Spinner desenvolvido para reduzir o stress e a ansiedade

Fidget Cube Calmante

Um Cubo verdadeiramente Mágico que auxilia no controle emocional, ajudando a manter a calma em momentos de pressão.

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

© 2019   Criado por Portal DesignBR.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Web Analytics Tweet
ed.designstore@gmail.comarrow_drop_down ed.designstore@gmail.com settingsConta / Meu plano webMeus Sites messageEnviar Notificação restoreAgendar Notificações trending_upEstatísticas languageEnglish languagePortuguês perm_identitySair x Você está atualmente no plano gratuito. Já conhece o nosso plano sem publicidade? shopping_cart ADERIR AGORA ✕ Por favor leia os nossos Termos e Condições antes de utilizar o Pushnews [FECHAR] CRIAR CONTAPERSONALIZARINSTALAR JAVASCRIPTFINALIZAR Por favor coloque o código seguinte na secção do HTML (Pode personalizar todas as mensagens aqui)