DesignBR

Vai Design!!

Pessoal, um assunto que está me intrigando bastante ultimamente é a educação à distância (EAD) nos cursos de Design.

Tem surgido vários grupos/escolas oferecendo cursos Design à distância.

Lembro que os cursos à distância já existem ha muito tempo (quem não se lembra do Instituto universal Brasileiro?) porém eles eram oferecidos como cursos livres. Com a abertuda da modalidade EAD, esta forma foi e vem sendo bastante aproveitada naqueles cursos clássicos onde o que redomina é a leitura, que não exigem laboratórios técnicos, oficinas, etc.

Não conheço muito bem as outras áreas por isso vou falar sobre Interiores neste caso.

Na formação presencial é bastante comum os alunos encontrarem dificuldades no aprendizado e, mesmo com os professores do lado auxiliando-os, por vezes levam meses para conseguir entender como realizar corretamente alguma coisa, principalmente nas disciplinas mais técnicas de projeto.

Também existem aquelas de leitura, análise e intervenção em projetos elétricos e hidráulicos entre outras mais.

Sabe-se que em muitos cursos EAD, somente é exigida a presença do aluno 1x por ano e depois na defesa de seu TCC. Também sabe-se que a maioria destes cursos não ligados a grandes IES que possuem estúdios e centro de atendimento ao educando (web/tel) em alguns casos enviam apenas apostilas e em outros apostilas+vídeos sendo estes últimos, nem tão bem elaborados assim. E o atendimento é realizado através de e-mail diretamente com os professores.

Pergunto:
existe realmente a possibilidade de se formar profissionais completos, daqueles alunos normais que entram crus no curso, observando os conteúdos e práticas  que o futuro profissional deve adquirir para atuar profissionalmente, dominando realmente todos os assuntos?

Não estou questionando a dificuldade de acesso e/ou falta de um curso similar próximo da residência do aluno e sim, a qualidade destes cursos.

Também refiro-me apenas aos cursos de formação SUPERIOR.


Exibições: 251

Responder esta

Respostas a este tópico

poxa para muitos, seria a maior ajuda na formação, pois poucos são os lugares que oferecem este curso com boa qualidade. Mais grande dificuldae é combinar uma moradia em pequenas cidades e ter que trabalhar e estudar longe de sua residência, sem condição financeiras! PARA MUITOS VEJO EU!!
O estudo a distância já representaria em um ganho entre 20% a 50% do orçamento de um estudante, já ajudando em muito em manter suas contas em dia!!! sem ter que passar pelos apertos!!!!
Obviamente retirando custos de passagem, lanches entre outros. Fora a lógica de manter um capital em sua cidade com a possibilidade de se arumar empregos mais próximas a própria casa, melhorando não só sua qualidade de vida, mais também sua forma de aprendizado, pois como nós profissionais hoje sabemos vivemos na era da interatividade, onde os movimentos nos faz obter uma melhor noção das informações.
fora que muitas faculdades já usam sistemas de auto avaliação na web com altos índices de qualificação!!!
Em boa parte acho que um aluno correndo em um curso destes, não prova a procura de um diploma (papel), mais sim a procura por uma melhor capacitação profisional, ou seja, a luta por melhor competitividade neste mercado de leões!!!
E lembrando que para todas as dúvidas uma boa perguntinha no google!!!! (hehe nosso pais dos burros digital) com certeza sempre temos um companheiro capaz de nos auxiliar com seus conhecimentos!!!
lLembrando também

"experiência só no bate cabeça do mercado, livros e palavras nos ditam conhecimentos e técnicas, as aplicação somos nós que fazemos!"

Espero que tenha sido bem visto meu comentário!!!
Abraços
Diogo,
mercadologicamente e em relação à especialização/atualização profissional (entenda-se pós-formação acadêmica) seu argumento é válido.
Mas o ponto que eu quero debater é outro:
Uma pessoa crua (sem conhecimento na área), fazer um curso técnico (que exige a constante PRESENÇA do professor ao lado para dirimir dúvidas), optando pela modalidade EAD (que NÃO tem esta presença do professor).
O que dizer disso, um assunto que esta ainda criando uma polemica, no meu entender acredito e defendo isso muito que nao sou contra a Educaçao a Distancia, mas tenho certesa que nem tudo pode ser "ensinado" em um livro quanto mais em uma tela, fico me perguntado quando isso vai acontecer, se ja nao tem algum doido tentando. Facudade de Medicina a distancia, mesmo sendo um professor de renome em alguma area da medicina, sendo presencial sabemos que tem medicos e MEDICOS.
Se atrapalha a qualidade do serviço, atrapalha e muito, principalmente por por não ter um experiencia solida no começo de suas carreira, com questao a estagio ou até mesmo carteira profissional na area, vc não vê um medico recém formado sendo diretor de um holpital, para essa pessoas que tem o ensino a distancia como único meio de evoluçao profissional tem um coisa que muitos não sabem é que sua carga horaria de estagio é bem maior o que pode fazer uma faculdade presencial.
Isso é um fato 70% dos alunos que chegam a se formar em um curso superior não atua na area de sua formação, outro 15% não chegam ao apogeu de sua escolha profissional. Estes dados são de quem fez curso superior presencial.
Quem vai regular, o ENEM ?????? kkkkkkkkkkk
Olá!

"E_NEM" (rs) tanto impossível assim. Concordo que seja bastante difícil se tirar dúvidas, sejam elas em que modalidade forem, mas sei também que não podemos brecar o "novo". Podemos sim, nos munir de ferramentas que possam minimizar os problemas como um todo, pois em todas as áreas do ensino, eles sem dúvida, ainda por muito tempo continuarão a existir.

Acabei de fazer um EAD em Docência Superior, no IAVM - Instituto a Vez do Mestre da UCAM - Universidade Cândido Mendes e posso testemunhar a seriedade e principalmente o cuidado no trato dos alunos, por parte dos professores/tutores, procurando sempre ter em mente as particularidades e necessidades dos mesmos, no intuíto de coadunar todos os envolvidos, objetivando o sucesso do processo de aprendizagem.

Bem, essa foi a minha experiência no tocante ao assunto, é claro que entendo claramente que uma coisa não necessariamente deva anular a outra. Nem ser de forma nenhuma "boi de piranha" para processos que já se mostram ruins há tempos remotos enquanto processos e sistemas educacionais, independentemente das áreas de atuação e suas especificidades.
Hercules,
a especialização que você fez está dentro dos cursos clássicos que citei na abertura do tópico.
Não é um curso técnico, não exige laboratórios (modelagem e mock-up, marcenaria, gráfica, têxtil, etc) e tampouco tem disciplinas técnicas (projetos).
São realidades bem diferentes.
Claro Paulo, vc. tem toda razão!

Confesso que não havia atentado para a abertura desse tópico em questão. Contudo, o que devemos procurar entender/perceber; na minha opinião, é que: com as ferramentas e ferramentais disponíveis hoje, as chamadas transmídias, não levará muito tempo para que toda essa(s) realidade(s), vistas ainda e percebida/entendida como "virtuais", deverão estar sim ao alcance de muitos, se não todos, no que se refere a tecnicidade e todas as suas pré-exigências. É só pensarmos nas possibilidades virtuais que nos são oferecidas, dia a dia, como por exemplo: http://www.youtube.com/watch?v=na-R4rZkzH0&feature=player_embedded ... É sobre essa(s) possibilidade(s) de futuro às quais me refiro., Onde, e porque não, cursos técnicos (mesmo com todas as suas especificidades) possam ser oferecidos?
Bah, fantástico esta tecnologia do video.
Mas veja bem Hércules, eu sou considerado um especialista em iluminação e lighting design. Faço partes de diversas comunidades da áreas e até mesmo de academias virtuais que oferecem cursos na área. No entanto, já trombei com algumas coisas que sinceramente, com todo o meu conhecimento técnico tive sérias dificuldades de entender o "como funciona" e principalmente o "como fazer".
Agora, imagine uma pessoa leiga no assunto, que quer a sua primeira graduação, como iria se comportar diante disso tudo?
Duvido que, partindo do zero, uma pessoa consiga uma formação no mínimo, adequada para o exercício profissional.
Ja disse e repito: para especializações em áreas técnicas onde o discente já possui conhecimentos na área até concordo com o uso da EAD, mas para quem parte do zero acho muito improvável a boa qualidade dos cursos e, principalmente dos egressos.
Sem dúvida Paulo, mas creio que estamos no rumo certo. Principalmente quando não concordamos nem discordamos em 100%. O bom disso é que; já diria o poeta: "a unanimidade é burra!"

Nada, ninguém, nem nenhum trabalho é de fato desenvolvido individualmente. "Nenhuma tarefa, executada corretamente, é realmente particular. É parte do trabalho do mundo."

Woodrow Wilson

É exatamente por acreditar nesse pensamento que identifico que o EAD é ainda uma pequena parte de um grande e complexo pensar o ensino a distância. Não discordo de suas colocações quanto a pessoas que "partem do zero" e/ou que sejam "autodidatas", por exemplo. Mas é necessário que estejamos abertos para o "não tão novo assim", o que nos levou a crise enquanto espécie em que hoje nos encontramos, foi também a mesma que nos impulsionou em várias outras conquistas em enes campos de atuação, e que chama-se tão e simplesmente - curiosidade.

Vão alguns outros links com o intuíto de reflexão apenas, sobre esse assunto, veja-os abaixo:

Dicas para começar a programar: acredite, pode ser mais fácil do que você imagina!
Um jovem de 14 anos mostra que programar não é algo tão complicado quanto parece, basta ter vontade e um pouco de aptidão

http://olhardigital.uol.com.br/jovem/central_de_videos/dicas-para-c...

“World Builder” com menos de 10 minutos, foi filmado em um único dia, seguido por cerca de dois anos de pós-produção. Não deixe de assistir a esse vídeo premiado, numa extraordinaria criação do cineasta Bruce Branit, conhecido como co-criador de "405".

Sinopse : um homem constrói um mundo holográfico para a mulher que ama.

Clique no link abaixo e espere carregar.

http://www.branitvfx.com/worldbuilder/index.html

O povo brasileiro é hoje visto no mundo como um dos mais criativos e do tipo que "dá nó em pingo d´água", isso é atávico! Portanto, não nos deixemos influenciar pela máxima dominante que afirma sermos um país tupiniquim ou terceiro mundista.

Apenas para descontrair... Hoje recebi essa colocação genial, que muito bem ilustra nossa capacidade em reter e transmitir conhecimento:

"ESTRATÉGIA

Um senhor vivia sozinho em Minnesota.
Ele queria virar a terra de seu jardim para plantar flores, mas era um trabalho muito pesado.

Seu único filho, que o ajudava nesta tarefa, estava na prisão.
O homem então escreveu a seguinte carta ao filho:

'Querido Filho, estou triste, pois não vou poder plantar meu jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo, porque sua mãe sempre adorou flores e esta é a época certa para o plantio.
Mas eu estou velho demais para cavar a terra. Se você estivesse aqui, eu não teria esse problema, mas sei que você não pode me ajudar, pois estás na prisão.
Com amor, Seu Pai'.

Pouco depois, o pai recebeu o seguinte telegrama:

'PELO AMOR DE DEUS, Pai, não escave o jardim! Foi lá que eu escondi os corpos'

Como as correspondências eram monitoradas na prisão, às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de agentes do FBI e policiais apareceram e cavaram o jardim inteiro, sem encontrar qualquer corpo. Confuso, o velho escreveu uma carta para o filho contando o que acontecera.

Esta foi a resposta:

'Pode plantar seu jardim agora, amado Pai. Isso foi o máximo que eu pude fazer no momento'. (e a distância!) grifo meu.

Estratégia é tudo!!!
Nada como uma boa estratégia para conseguir coisas que parecem impossíveis."

Vamos em frente...

Frt Abrç,
h²dIAS
Hércules,

interessante eu já ia postar o link desse vídeo World Builder justamente como exemplo que para se criar e desesnvolver esse vídeo, não há a menor necessidade de uma aula presencial, pelo contrário...coincidência.
Hércules e Beto,

fantástico o vídeo "World Builder". Mas convenhamos, estamos muito distantes dessa tecnologia toda. E não digo apenas aqui no Brasil não.

Algumas coisas que precisam ser destacadas neste vídeo especificamente:

1- construir qualquer coisa "virtualmente" é fácil, afinal se não fosse não existiriam os micreiros ou autodidatas. Basta aprender a manipular as ferramentas;

2- também, neste caso, basta a pessoa ter conceitos estéticos;

3- também basta a pessoa saber como fazer "bonitinho" as coisas;

4- do holográfico/virtual para o real tem uma distância tremenda;

5- Nas minhas áreas, o tal "jeitinho brasileiro" sempre resultam em problemas e são conhecidos como gambiarras ficando portanto bem longe da solução do problema;e em momento algum me referi ao povo brasileiro especificamente.

6- estratégia é uma coisa, conhecimento é outra bem diferente apesar da primeira ser uma das ferramentas geradas pela segunda;

7- No vídeo o cara constroi uma cidade o que envolve conhecimentos de arquitetura, engenharia, urbanismo, design entre outros. Será que ele tem conhecimento de todas as técnicas necessárias para isso? É um autodidata?

8- será que, mesmo com toda esta tecnologia, a prática (ñ virtual) será a mesma ou teremos predios e pontes desabando por erros crassos projetuais? Pois no vídeo não mostra absolutamente nada sobre estruturas, sem as quais, os edifícios não param em pé, não se sustentam;

9- e, finalizando, devemos olhar a educação além da técnica pela técnica.

Ainda não me convenci de que o atual modelo de EAD serve para a formação de profissionais em pessoas que partem do zero. A aula presencial nas áreas técnicas é fundamental, essencial para o aluno.
Então Paulo,

Somente para completar mais um dos 12 trabalhos de "hércules" (apesar de já estar na enésima potência destes. Modo figurativo de falar, ok!) aí vai mais um sobre a geração Y:

http://info.abril.com.br/noticias/internet/video-retrata-comportame... ,

Afinal, o que estamos agora, nesse "delay" de "just in time", não é, ou pode ser considerado EAD, também?!? Quantos, mesmo sem se manifestar, estão nesse momento, formando conexões, estabelecendo similaridades, subvertendo as hierarquias, etc, etc.

Hoje o pensamento educacional, não pode e não deve abrir mão de transitar pelo holístico, pois até mesmo a medicina com seu grande poder corporativo, já se rendeu a ele. Pensar o Ser e corpo como um todo, é o grande desafio de qualquer um que se arvore pelo mundo da troca de conhecimento.

Enfim... "a menor distância entre duas pessoas é a história." (Autor desconhecido), genial, como Paulo Freire o foi ou Anísio Teixeira, para a educação que se faz necessária, não mais em termos de nação, mas de visão de mundo e de "aprender a apr(e)ender"!

"[...] A sociedade tem várias ilusões:

1ª ilusão: o conhecimento está acessível.

2ª ilusão: o conhecimento está mobilizado

3ª ilusão: o conhecimento é uma condição cultural

4ªilusão: o conhecimento tem o mesmo valor

5ª ilusão: o conhecimento modifica o mundo [...]

http://www.artigonal.com/ensino-superior-artigos/aprender-a-aprende...

Já que vc. deu um break no 9. Não vamos estender por muito mais tempo esse tópico, até porque ele, nesse exato momento em que acabo de responder (digitar), já faz parte da memória.

RSS

O banner de sua empresa também pode estar aqui.
Entre em contato conosco para saber mais detalhes.
portaldesignbr@icloud.com

Hand Spinner Anti Stress

Fidget Spinner desenvolvido para reduzir o stress e a ansiedade

Fidget Cube Calmante

Um Cubo verdadeiramente Mágico que auxilia no controle emocional, ajudando a manter a calma em momentos de pressão.

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

© 2019   Criado por Portal DesignBR.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Web Analytics Tweet
ed.designstore@gmail.comarrow_drop_down ed.designstore@gmail.com settingsConta / Meu plano webMeus Sites messageEnviar Notificação restoreAgendar Notificações trending_upEstatísticas languageEnglish languagePortuguês perm_identitySair x Você está atualmente no plano gratuito. Já conhece o nosso plano sem publicidade? shopping_cart ADERIR AGORA ✕ Por favor leia os nossos Termos e Condições antes de utilizar o Pushnews [FECHAR] CRIAR CONTAPERSONALIZARINSTALAR JAVASCRIPTFINALIZAR Por favor coloque o código seguinte na secção do HTML (Pode personalizar todas as mensagens aqui)